• SOBRE AS AULAS 2019-02-09T07:16:59+00:00

SOBRE AS AULAS

Yoga é muito mais do que as posturas complicadas que vemos na mídia. Essas posturas podem ser praticadas, mas nem sempre por todas as pessoas e é muito comum que se esteja praticando essas posturas sem que possamos chamar isso de yoga. Facilmente podemos imaginar que alguém com alguma limitação física seja por idade, doença ou nascença, terá que ter um olhar cuidadoso ao praticar as posturas. Dessa forma, o yoga não se vale somente das posturas, mas sim de um leque quase infinito de possibilidades e isso acontece, pois, as práticas de yoga consideram as individualidades e aqui temos um ponto muito importante: na Tradição de Yoga de Krishnamacharya, nas práticas individuais, duas pessoas jamais farão uma mesma prática de yoga. Tudo é adaptado e ajustado aos desejos, aversões, facilidades e limitações de cada indivíduo.

Nessa proposta, o aluno faz junto com o professor sua prática para aprendizado e assimilação, mas a frequência e repetição será feita em casa. O professor fornece ao aluno orientações por escrito que deverão ser repetidas até o próximo encontro. A cada encontro a prática diária é revisada e analisada em busca das adaptações e transformações necessárias.

As práticas frequentes incluem as posturas de yoga, técnicas de respiração, concentração, reflexão, meditação, relaxamento e também leituras, conversas, caminhadas, prática de esportes, artes, estudos e tantas outras possibilidades dentro de todas as formas de experiência do praticante.

Devido a grande atenção às individualidades, não poderíamos dizer que é ensinado um estilo de yoga, mas sim simplesmente yoga. Qualquer forma de estilo pressupõe uma adaptação do aluno a esse estilo quando o que deve acontecer é uma adaptação do professor e da forma de ensino, ao aluno. Portanto, você praticará somente yoga, simples assim.

Alguns resultados que podem ser esperados

Corpo forte e saudável

Mesmo considerando as limitações individuais, as práticas de yoga tem um enorme potencial de criar um corpo mais forte com articulações saudáveis e músculos e tendões mais flexíveis..

Respiração mais calma e profunda

A conexão da respiração com estados emocionais é bastante explícita: quando estamos ansiosos, nervosos ou angustiados, respiramos mais rápido ou prendemos a respiração. Por outro lado, quando estamos mais centrados e calmos, a respiração flui um pouco mais lenta e suave. Isso não é uma regra, mas serve como um parâmetro de avaliação.

Sensação de bem estar

Um dos maiores motivos em se buscar yoga. As práticas de posturas, coordenadas com a respiração correta e a atenção correta geram mais calma, redução significativa do stress eatenção mais clara.

Foco nas atividades do cotidiano

Ao reduzir as limitações do corpo, aumentar a atenção a respiração e criar um estado de maior bem estar, reduzindo a ansiedade e a indolência, o praticante cria em si mesmo um ambiente interno menos conflituoso com mais espaço para reflexões, atenção e foco para o trabalho, estudo, práticas esportivas e relacionamentos familiares e amorosos.

Autoconhecimento

A dor, o desgosto, o desprazer e toda forma de sofrimento surgem de 3 fontes: a partir de nossas próprias angústias internas, a partir da angústia de outras pessoas e a partir do ambiente externo. Isso se manifesta em nós através de nossa identificação intensa com as coisas da vida, nossos apegos, aversões e medos. A prática de yoga, através de um processo discriminativo profundo, nos ajuda a entender como nossos sentimentos se manifestam e como nos afetam nos ajudando a construir relacionamentos mais saudáveis.

Yoga para quem

Pessoas de todas as idades e em quase todas as condições de saúde podem praticar yoga. Grandes resultados podem ser obtidos por esportistas, sedentários, trabalhadores de escritório, da indústria, por professores, artistas, jovens, adultos idosos e todos aqueles interessados em encontrar uma versão melhor de si mesmo.